Economia de Curitiba

 A história econômica de Curitiba tem como atividades iniciais a mineração e a agricultura de subsistência, seguidas pelo tropeirismo (representado pelos condutores de gado que transportavam os animais do Rio Grande do Sul para São Paulo) e pelo beneficiamento da erva-mate e da madeira. Além disso, a chegada dos imigrantes europeus e a migração dos homens do campo para a cidade foram fatores que influenciaram a economia curitibana.

O marco do desenvolvimento econômico desse município foi o processo de urbanização ocorrido entre as décadas de 1950 e 1970 que, acompanhando o crescimento industrial do país, culminou no projeto da Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Esse polo, localizado a 10 km do centro comercial de Curitiba, tinha como objetivo inicial desenvolver um bairro voltado para a instalação de empresas e indústrias, vinculadas à malha urbana e à preservação ambiental.

Atualmente, dentre os fatores que compõem o perfil econômico da capital paranaense destacam-se a sua localização estratégica, a força das atividades do comércio e serviços, o turismo de negócios, o contínuo desenvolvimento da Região Metropolitana, além do próprio perfil socioeconomico de sua população.

LogosBrCentro de Shiatsu - Tereza ZanchiBravoCrematório VaticanoAuto Escola MeloBrindes Omega ZArmazem da SerraEspaço ManteauCorpo e AlmaChurrascaria ErvinMorado do Gourmet