“SONY DSC                     ” por

Cidade de Ouro Preto

Ouro Preto localiza-se na Serra do Espinhaço, na Zona Metalúrgica de Minas Gerais (Quadrilátero Ferrífero). Faz limites: ao norte Itabirito e Santa Bárbara, ao sul Ouro Branco, Catas Altas da Noruega, Piranga e Itaverava, a leste Mariana e a oeste Belo Vale e Congonhas.

Possui uma população de 67.048 habitantes, segundo dados do IBGE – 2007, distribuída em uma área de 1245km². Encontra-se a 96km de distância da capital Belo Horizonte.

O clima é o tropical de altitude úmido, com período de chuvas de dezembro a março e uma temperatura média anual de 17°C.

O município tem sua economia baseada na metalurgia, mineração e sobretudo, o turismo. Com um intenso fluxo turístico, principalmente voltado para a sua rica arquitetura colonial, a cidade possui também muitos outros atrativos, com um ecossistema variado, com cachoeiras, trilhas e uma mata nativa que foi protegida com a criação de Parques Estaduais.

Não se pode falar de Ouro Preto sem falar do Barroco. Fenômeno cultural e artístico, intimamente ligado a exploração do ouro no século XVIII, o barroco mineiro tem em seu artista mais célebre – Antônio Francisco Lisboa – o Aleijadinho, o grande mestre, o qual através de sua arte criou um conjunto de obras espetaculares por toda a cidade.

Com a Independência do Brasil, passou a se chamar Ouro Preto, tornando-se capital de Minas Gerais de 1823 até 1897.

Em 1839 é instituída a Escola de Farmácia, a primeira da América Latina, e a Escola de Minas de Ouro Preto, criada por ato de D. Pedro II, em 1876.

No século XX, com o desenvolvimento de Belo Horizonte, Ouro Preto começa a perder sua importância política e econômica e perde seu posto de capital.

Foi constituída em 1933 Patrimônio da Memória Nacional e tombada pelo IPHAN em 1938. Em 1980 foi considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Web Development LogosBr Webmarketing Criativa Ciatour Embratel Web Marketing em Curitiba