Padre Antônio Vieira

Religioso, escritor e orador português da Companhia de Jesus, Padre Antônio Vieira foi uma das personalidades mais influentes do século XVII. Missionário e diplomata, ele defendeu por toda a vida os direitos humanos dos povos indígenas, judeus e a abolição da escravatura. Além disso, Antônio Vieira criticou severamente os sacerdotes da sua época e a própria Inquisição. Nascido em Lisboa no ano de 1608, Vieira mudou-se para o Brasil a fim de acompanhar o pai que assumira um cargo de escrivão em Salvador (BA). Na Bahia iniciou seus estudos no Colégio dos Jesuítas e aos 15 anos ingressou para a Companhia de Jesus como noviço. Após a sua primeira experiência como missionário, tomou os votos de castidade, pobreza e obediência, abandonando o noviciado.

Em Olinda, Vieira ordenou-se sacerdote, recebendo fama de notável pregador. Foi através dos sermões que veio a sua considerável contribuição para a literatura barroca brasileira e portuguesa. Em sua trajetória de vida, fez inúmeras viagens do Brasil à Portugal e vice-versa. Em uma delas sofreu um ataque corsário neerlandês indo parar nas ilhas do arquipélago dos Açores. Após sua pregação nas ilhas, entrou em conflito com a Inquisição e foi condenado e expulso de Lisboa. Com a pena anulada, seguiu para Roma e deslumbrou a Cúria com seus discursos e sermões, quando, por fim, volta ao Brasil e se dedica a coligir seus escritos, visando a edição completa em 16 volumes dos seus Sermões. Na Bahia, muito doente, Padre Antônio Vieira morre, em 1697, deixando inúmeros textos para a posteridade.

Web Development LogosBr Webmarketing Criativa Ciatour Embratel Web Marketing em Curitiba