Hospitais que se destacam no Brasil

A região do Nordeste é a que possui maior número de estados, no total são nove, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. O clima predominante nos estados Nordestinos é o tropical, caracterizado por temperaturas muito elevadas.

A Bahia é o estado mais explorado por turistas na região, devido a alegria do povo é conhecida como “a terra da felicidade”, mesmo assim, a saúde na Bahia não é considerada uma das melhores do país, devido ao alto índice de doenças como o câncer de mama e doenças decorrentes do clima da região. De acordo com pesquisa realizada em 2002, a região possui 15,249 postos de atendimento do Sistema Único de Saúde.

Salvador, capital da Bahia, oferece atendimento público em alguns hospitais: Hospital Universitário Prof Edgard Santos; Hospital Geral Manoel Vitorino; Hospital do Exército; (referência no combate a tuberculose na Bahia); Hospital Ernesto Simões Filho; Hospital Geral Manoel Vitorino; Maternidade do Iperba (uma das mais importantes maternidades da rede pública de Salvador).

O Ceará, também conhecido pelos turistas como “Terra da luz”, devido aos dias ensolarados, inaugurou seu primeiro hospital no ano de 1861, a Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza (maior hospital do interior cearense).

Os principais hospitais públicos da região estão localizados em Fortaleza, a capital do Ceará. O Hospital Geral de Fortaleza é considerado o maior hospital público da cidade e o Instituto Doutor José Frota o maior hospital de emergência. No atendimento médico privado destacam-se os hospitais São Mateus, Antônio Prudente, Unimed e Monte Klinikun.

Em Pernambuco, existem três grandes hospitais públicos: Hospital da Restauração (maior unidade da rede de saúde pública do estado), Barão de Lucena e Getúlio Vargas, além do Hospital das Clínicas, da UFPE. Recife, capital de Pernambuco oferece ótimo atendimento em hospitais particulares, são conhecidos pela utilização de aparelhos de última geração.

A região Sul compreende os estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Essa região apresenta um grande pólo turístico, econômico e cultural, com grande influencia européia. No ano de 2002 foram registrados na região 8,645 estabelecimentos do Sistema Único de Saúde, sendo que a maior concentração é no Paraná com 3,254 postos de atendimento.

Curitiba, a capital do Paraná, possui importantes hospitais conveniados a rede pública de saúde. Entre eles, estão o Hospital Cajuru (principal pronto-socorro do estado); Hospital Evangélico (referência em atendimento de queimaduras); Hospital do Trabalhador; Hospital de Clínicas, o Hospital Evangélico de Curitiba, Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, o Hospital Erasto Gaertner (tratamento de pessoas com câncer), Hospital São Lucas e o Hospital Pequeno Príncipe.

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, conta com o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (hospital de ensino do curso de medicina da UFRGS), o Complexo Hospitalar Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre (conjunto de hospitais de várias especialidades), Hospital São Lucas (da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, atende a todas as especialidade médicas), e hospital de ensino da PUCRS. A cidade também possui uma rede de atendimento privado: o Hospital Moinhos de Vento (oferece modernas instalações no tratamento da Oncologia e Cardiologia), o Hospital Mãe de Deus e o Hospital e Pronto Socorro de Porto Alegre (atendimento das urgências e emergências traumatológicas).

A região Sudeste, composta pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, é a região mais populosa do Brasil, ocupando 10,85% do território brasileiro.

No Rio de Janeiro pode-se encontrar atendimento público em hospitais, como: Hospital Municipal Salgado Filho (urgência e emergência); Hospital Estadual Dom Pedro II (atendimento ambulatorial, pediatria, emergência, UTI, maternidade e referência no tratamento de queimados); Hospital Estadual Albert Schweitzer; Hospital Realcordis, Hospital Estadual Carlos Chagas (possui 52 leitos, bloco cirúrgico, UTI, pediatria, enfermaria e aparelhos de densitometria e raio x), Hospital Servi Baby (conhecido por ser um dos hospitais que mais realiza partos na zona oeste da cidade, possui Unidade de Pronto-Atendimento).

Em São Paulo, estado mais populoso do país, destacam-se no atendimento: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP/USP), Hospital Universitário de Taubaté (hospital de ensino da faculdade de Medicina Taubaté), Hospital Nestor Goulart Reis (instituição hospitalar pública, no interior de São Paulo) o Hospital AC Camargo (mais conhecido por hospital do câncer, pois é especializado no tratamento da doença); Hospital das Clínicas (o maior e mais importante complexo médico-hospitalar da América Latina, referência internacional em diversas áreas, ocupando uma área superior a 350 mil metros, disponibilizando mais de 2200 leitos); Hospital municipal doutor Alexandre Zaio; Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (a mais antiga instituição assistencial e hospitalar em funcionamento na cidade de São Paulo).

Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, dispõe de um total de 36 hospitais, sendo um municipal, dois federais, sete estaduais e o restante filantrópicos e privados. Alguns de seus hospitais públicos mais importantes são: Santa Casa, o Hospital das Clínicas, o Hospital São Lucas, o Pronto Socorro João XXIII e o Hospital Semper. Na rede particular de atendimento, o Hospital São Francisco de Assis (segundo hospital mais antigo da cidade, referência na área de Transplantes renal no estado.

A região Centro-Oeste compreende cinco grande estados, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, essa é considerada a região menos populosa do país, pois abriga menor quantidade de habitantes.

Brasília, capital do Brasil, conta com diversos hospitais públicos como: o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF); o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN); o Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), Hospital Universitário de Brasília (Universidade de Brasília (UnB), Hospital Geral de Brasília (HGB). A Cidade conta com um grande projeto de informatização do sistema de saúde no Brasil, o que torna o atendimento mais eficiente na cidade e contribui para a assistência fornecida aos pacientes.

A região Norte é composta pelos estados do Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Pará, Amapá e Tocantins. Manaus, capital do estado do Amazonas, é considerada principal centro financeiro do país. Apresenta um total de 334 postos de atendimento do SUS, e dispõe de diversos hospitais, dentre eles: Hospital Universitário Getúlio Vargas – HUGV, Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado, Hospital Adventista de Manaus, Hospital e Pronto Socorro Municipal 28 de Agosto; Hospital do Servidor Público; Hospital da Polícia Militar; Hospital Geral de Manaus.

O Acre registrou no ano de 2005, 337 estabelecimentos hospitalares, dentre eles 282 eram públicos. Essa estado apresenta alto índice de mortalidade infantil, sendo a malária a principal causa das mortes. São exemplos de hospitais públicos: FUNDACRE – Fundação Hospital Estadual Acre, Hospital Geral de Feijó, Hospital de Saúde Mental – OSMAC.

Fonte: Portal online IBGE

             Portal online Wikipédia

Serviços LogosBr Webmarketing Criativa Ciatour Embratel Site sob medida